Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

monta

Florianópolis – A Polícia Civil, por meio da DENARC/DEIC e a Receita Federal do Brasil, há aproximadamente  um mês, investigava conjuntamente a ocorrência de um considerável carregamento de cocaína ingressar território Catarinense. Com o aprofundamento das apurações realizadas pela DENARC/DEIC/PCSC e Receita Federal do Brasil,  no dia de ontem, 10, realizou-se o acompanhamento do carregamento de drogas desde o seu ingresso em Santa Catarina.

 

Assim, ainda na manhã de quinta-feira, foi solicitado apoio da Polícia Rodoviária Federal, a fim de que realizasse a abordagem do condutor do veículo Renault Duster, em frente a sede da instituição, BR-101, Distrito de Pirabeiraba, cidade de Joinville. Por volta de 11h, a equipe da PRF tentou realizar abordagem, contudo o condutor empreendeu fuga com o veículo sentido região norte de Joinville, inclusive expondo a risco pedestres e outros condutores.

 

O condutor abandonou o Veículo Renault Duster no Jardim Sofia, Joinville, tentando ingressar em um matagal, mas acabou capturado pela PRF, com o apoio da Polícia Militar.

 

No porta-malas do veículo, os policiais localizaram 149 tabletes de cocaína, totalizando 158 KG, o que foi avaliado em R$ 4 milhões e seria distribuído em Biguaçu.

 

O condutor de 20 anos de idade, natural e morador de Foz do Iguaçu/PR, possui passagem criminal por contrabando. Juntamente com a droga e o veículo, ele foi conduzido até a sede da DEIC em Florianópolis, onde foi autuado e preso em flagrante pela prática do crime de tráfico interestadual de drogas.


Na manhã desta sexta-feira, 11, a DEIC fez uma coletiva para apresentar a apreensão.

 

Essa é mais uma ação investigativa conjunta exitosa  da Polícia Civil, por meio da DENARC/DEIC, e Receita Federal do Brasil, contando com apoio da PRF e PM.

 

"Colabore com a Polícia Civil. Denuncie. Disque 181."