Sábado, 20 de Dezembro de 2014


Acesso ao PAE
E-mail

@pc.sc.gov.br
Senha:

 

LogoONG

       
senasp

.





Polícia Civil auxilia na prisão de integrante da quadrilha que roubava explosivos PDF
Seg, 14 de Novembro de 2011 10:52

JULIANO_GRIMES_pquenaItajaí - A Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina, composta, entre outras entidades, pela Polícia Civil catarinense, efetuou a prisão de mais um integrante envolvido na quadrilha que vendia explosivos para assaltantes de caixas eletrônicos de bancos e de estabelecimentos comerciais no Estado.

 

A prisão em flagrante de Juliano Grimes, 27 anos, ocorreu no sábado (12), em Itajaí. Durante a Operação, foram presos também Grazzielli de Fátima Vicente Rocha, 21 anos, e Jean Vicente Rocha, 20 anos. Os três foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.Grazielli_Rocha_pquena.jpg

 

Grimes, além de cometer o tráfico, tinha participação direta na aquisição, distribuição e uso de explosivos, e fazia parte da facção denominada PGC (Primeiro Grupo Catarinense). Ele era o responsável por todas as tratativas e negociações, indicações de locais, formas de transporte e valores dos explosivos.

 

 

As prisões

 Através das investigações, a Polícia Civil apurou que Grimes realizaria umaJEAN_VICENTE_ROCHA_pquena entrega de drogas no bairro Rio Bonito, em Itajaí, e passou a monitorá-lo. Os Policiais acompanharam o momento em que ele chegou ao local acompanhado de Grazzielli, sua companheira. Logo em seguida foi constatada a chegada de Jean em uma motocicleta, instante em que foi deflagrada a ação e realizada a abordagem dos três criminosos.

 

Com o trio, foi apreendida uma arma de fogo com numeração raspada, munições, 260 gramas crack e uma balança de precisão.

 

Os Policiais deram cumprimento ao Mandado de Prisão Temporária expedido em desfavor de Grimes pelo crime de formação de quadrilha. Ele foi levado à 1.ª DP de Itajaí para os procedimentos policiais, e, posteriormente, foi conduzido ao Presídio Regional de Itajaí.

 

Durante o processo de identificação dos envolvidos, foi constatado que Grazzielli e Jean eram foragidos do Sistema Penal Catarinense, pois já haviam sido condenados pelo crime de tráfico de drogas. Os dois foram reconduzidos ao Presídio Regional de Itajaí.

 

A Operação Rastro, deflagrada no último dia 30, é uma Força Tarefa da Secretaria de Segurança de Santa Catarina envolvendo diversas entidades da área de segurança pública e já registra oito prisões em flagrante, apreensão de nove quilos de explosivos, armas, munições, drogas e veículos.

 

 “Colabore com a Polícia, Denuncie, Disque 181”.

 

 

 

 

 

 

 181Novo

 

 

OuvidoriaGeralSC 

 

 

 Banner_-_Jogos_e_diversoes

 

 

  convocacoes

 

 

  logo_sgp_dgpc_site_pc

 

 

  SIMBA

 

 

 DO

 

 

 

ACESSO RÁPIDO

Usuários Online

 252 visitantes 
Seu IP é: 54.83.224.32

        © 2010 - 2014 Polícia Civil de Santa Catarina 
        Delegacia Geral da Polícia Civil de Santa Catarina 
        Rua Felipe Schmidt, 755 - Centro - Edif. Embaixador - Florianópolis - SC

  * Melhor visualizado na resolução 1024